Seguidores

quarta-feira, 9 de abril de 2014

1 comentário:

Beatriz Bragança disse...

Querida Irene
Parece autobiográfico!
Terá sido?
A semana passada revi o filme «O guarda-costas» com esta força da Natureza, que bem cedo sucumbiu!
Que pena!
Obrigada pela canção.
Beijinho
Beatriz