Seguidores

sábado, 2 de agosto de 2014

Conversando convosco...


Ultimamente tenho verificado que muitos dos

blogues que visitava, estão mudando a forma

como os mesmos estão disponíveis.



Alguns passaram à categoria de privados e só

convidados podem entrar nos mesmos...



Outros não permitem comentários e só se

pode deixar uma mensagem através de email,

quando se é avisado dessa situação.



Eu apenas tenho um blogue privado que

é meramente para arquivos.



Tenho realmente falta de tempo para visitar

atempadamente os meus seguidores assíduos,

mas vou sempre acabando por fazer essas

visitas.



Pergunto-me: tem cabimento ter um blogue

exclusivamente para quem o criou?



Não é estimulante ler diversas opiniões?



Não ajuda a tentar fazer melhor?



Será que se está a caminhar para a saturação

dos blogues e para o seu fim?



São perguntas que faço a mim própria e

deixo à vossa consideração.







4 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida
Também estou procurando velhos amigos dos blogs e constato que é assim mesmo como vc fala...
Tenho um deles em parceria que não permite comentários porque é só para reflexão pessoal...
Não desisto de blogar... gosto de verdade!!!
Bjm fraterno de paz e bem

Evanir disse...

Mais um final de semana...
Graças a Deus estamos juntos.
Estou feliz por estar aqui para
desejar um abençoado Domingo.
Só pelo fato da minha visita
agradeço por essa dádiva
concebida pelo Criador.
Beijos no coração afagos na alma.
Evanir.
Dói ver meus quase dez anos de blog
desaparecendo cada dia mais.

Clecilene Carvalho disse...

Haaaa quero isso não ...

Estou bem querida na medida do possível... Tem momentos que ate a alma doí.

bjooo

Beatriz Bragança disse...

Querida Irene
Concordo em absoluto consigo.
Um Blog,para mim,significa interagir. De outro modo,o melhor é rescrever em papel e guardar numa gaveta.Escusamos de gastar energia!
No meu Blog,o que mais aprecio são os comentários que me fazem e, por vezes, me ajudam a fazer melhor.
Seria lamentável,se acabasse este meio de intercomunicação!
É assim que eu o entendo.
Obrigada por me permitir expressar sobre esta assunto.
Um beijinho
Beatriz