Seguidores

terça-feira, 14 de outubro de 2014

PERDER-SE de Fábio Rocha

minha poesia está em greve: escreve sem dizer minha poesia faz piquete: deságua num bilhete que depois vou perder minha poesia silencia o mundo todo eu e você

2 comentários:

Beatriz Bragança disse...

Querida Irene
Às vezes temos de nos perder,para nos reencontrarmos!
E a poesia desaparece de nós!
Um beijinho
Beatriz

MARILENE disse...

Mesmo em greve, a poesia dele dá seu recado, lindamente. Bjs.