Seguidores

domingo, 31 de agosto de 2014

sábado, 30 de agosto de 2014

SOU HUMANA -Ilze Soares


 
Sou feita do pó do chão,
animada pelo sopro da Criação.
Sou a mais pura emoção
que brota do coração...
 Sou realidade,
desprezo a falsidade,
amo a liberdade,
busco a felicidade...
Sou feita de átomos agregados,
de segredos bem guardados,
de amores perdidos,
de sonhos nem sempre realizados...
Sou pura energia,
repleta de alegria,
que vê na noite sombria
a beleza da lua,
que desfila no ceu toda nua,
para o sol encantar...
Sou raio de sol,areia do mar,
sou feita de bruta matéria,
que espera um dia alcançar
a graça de mais etérea ficar...
Sou boa ou sou leoa,
sou como toda gente...
Às vezes cruel, outras complacente,

não sou perfeita e nem jamais incoerente...

Sou apenas humana


domingo, 24 de agosto de 2014

sábado, 23 de agosto de 2014

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

É para surpreender?!!!


Estava a fazer pedicure e ouço esta da Srª. que efectuava o trabalho, para as colegas. Querem ir à minha festa de despedida de casada? E eu atrevi-me a perguntar: Mas vai divorciar-se e depois vai fazer uma festa? Sim vou-me divorciar amanhã!!! Quando acabou de tratar dos meus pés e fui pagar disse: “ bem nem sei bem que lhe desejar: que seja muito feliz!!!"

Parece que agora há festas para tudo!!!

sábado, 16 de agosto de 2014

Há pessoas que embora muito simples e pobres nunca são esquecidas

Era eu miúda, portanto talvez perto de uns 60 anos, este homem cujo nome

nunca soube, pois apenas era chamado de CALOÇA, era muito conhecido

e estimado em Alhos Vedros, terra onde eu nasci.

Era uma pessoa muito pobre, mas honesta. Vivia da apanha e venda da

lamejinha, na altura muito consumida pela população.

Ao frio, à chuva ou ao sol, sempre que a maré deixava, lá ia o CALOÇA

para o seu trabalho, para ganhar uma miséria, para sobreviver.

Mas era muito estimado por toda a população, e esta foto foi tirada

por uma pessoa da vila, que a guardou e foi sempre passada de geração

em geração.

Tenho pois muito gosto de fazer um post sobre este homem, que passou

pela vida respeitando todos e nunca roubando nada a ninguém.

Nasceu pobre. Morreu pobre, mas ainda hoje não esquecido.

Irene Alves

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

terça-feira, 12 de agosto de 2014




(obrigada Henrique Antunes)

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Recorda-se? (Filme)

Uma Linda Mulher (Pretty Woman, 1990) - Magnata perdido (Richard Gere) pede ajuda uma prostituta (Julia Roberts) que "trabalha" no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão/empregado se modifica para um relacionamento entre homem e mulher.
fonte: Design Innova

Os portugueses também são um bocado assim...

terça-feira, 5 de agosto de 2014

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

sábado, 2 de agosto de 2014

Conversando convosco...


Ultimamente tenho verificado que muitos dos

blogues que visitava, estão mudando a forma

como os mesmos estão disponíveis.



Alguns passaram à categoria de privados e só

convidados podem entrar nos mesmos...



Outros não permitem comentários e só se

pode deixar uma mensagem através de email,

quando se é avisado dessa situação.



Eu apenas tenho um blogue privado que

é meramente para arquivos.



Tenho realmente falta de tempo para visitar

atempadamente os meus seguidores assíduos,

mas vou sempre acabando por fazer essas

visitas.



Pergunto-me: tem cabimento ter um blogue

exclusivamente para quem o criou?



Não é estimulante ler diversas opiniões?



Não ajuda a tentar fazer melhor?



Será que se está a caminhar para a saturação

dos blogues e para o seu fim?



São perguntas que faço a mim própria e

deixo à vossa consideração.